Blog                                                                                                                                                                                                           Facebook        Twitter         Youtube                                                                                                             
Sandra Fayad Bsb
Proseando em Versos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


TANCHAGEM
Plantago major
Planta de origem europeia é considerada erva daninha em alguns jardins e hortas. No entanto, suas propriedades abrangem ação antibacteriana, adstringente, desintoxicante de produtos químicos, expectorante, analgésica, anti-inflamatória, depurativa, digestiva, tônica, sedativa e laxativa. Diurética (faz urinar), anti-diarréica, expectorante (elimina muco), hemostática (estanca sangue) e cicatrizante, é empregada contra infecções das vias respiratórias superiores, bronquite crônica e como auxiliar no tratamento de úlceras pépticas e problemas digestivos. Os indígenas das Guianas usam o cozimento de suas flores em mistura com a erva-de-santa-maria (Chenopodium abrosioides), para tratar problemas menstruais. São também empregadas nesse país, tanto as flores como as sementes contra conjuntivite e irritações oculares devidas a traumatismos.  Recomenda-se tomar, em jejum, o chá de suas sementes, preparado adicionando-se água fervente em um copo contendo uma colher (de sopa) de sementes, e deixadas em maceração durante a noite como laxante e depurativo. Recomenda-se ainda o cataplasma de suas folhas amassadas e espalhadas sobre gaze, aplicada sobre feridas, queimaduras e picadas de insetos. Contra amigdalite, faringite, gengivite, estomatite, traqueíte e como desintoxicante das vias respiratórias de fumantes, é indicado fazer gargarejo de seu chá, 2 a 3 vezes ao dia, preparado adicionando-se água fervente a 1 xícara (de chá) contendo 2 colheres (de sopa) de folhas picadas. O chá de tanchagem atua como fluidificante das secreções brônquicas, alivia a tosse e pode ser utilizado em gargarejos para tratar afecções da boca e da garganta, como aftas, faringite, amigdalite e laringite. As folhas como emplastro curam feridas, fístulas e hemorroidas. A infusão de folhas serve para estancar hemorragias nasais. As folhas e espigas tomadas em cozimento são excelentes para curar algumas afecções hepáticas e estomacais. É uma planta desinflamatória.  A planta multiplica-se exclusivamente por sementes, com facilidade. Grávidas, mulheres que estejam a amamentar não devem fazer uso da planta e pessoas com problemas de coração devem usá-la com cautela.
Assista ao vídeo:  https://youtu.be/QypCvI-RaKg
Fontes: http://www.cultivando.com.br/plantas_medicinais_detalhes/tanchagem.html
https://www.tuasaude.com/tanchagem/
Sandra Fayad Bsb
Enviado por Sandra Fayad Bsb em 19/06/2019
Alterado em 19/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras